Foot Brazilian World Magazine

Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024
Brasil x Argentina tem empate tenso, arbitragem desastrosa e invencibilidades mantidas !

Seleção Brasileira

Brasil x Argentina tem empate tenso, arbitragem desastrosa e invencibilidades mantidas !

Brasil x Argentina tem empate tenso, arbitragem desastrosa e invencibilidades mantidas !

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Buenos Aires 17-11-2021 

 

Num confronto com muitas faltas e poucas chances de gol, Argentina Brasil ficaram no empate por 0 a 0, no estádio Bicentenário, em San Juan, na Argentina, pela 14ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar. Os argentinos abusaram das faltas duras e saíram no lucro ao terminar o confronto com 11 jogadores em campo.

Publicidade

Leia Também:

 

Com o empate, o Brasil manteve sua invencibilidade e segue na liderança da competição, agora com 35 pontos. São 11 vitórias, dois empates e nenhuma derrota até agora, numa campanha que já garantiu a seleção de forma antecipada na Copa do Mundo de 2022. Já a Argentina aparece em segundo lugar, com 29, muto próxima do Mundial.

 

MUITO PEGADO

O primeiro tempo foi bastante tenso e com a arbitragem sendo o destaque negativo. Isso porque o uruguaio Andres Cunha deixou de aplicar cartões amarelos e até mesmo vermelho diante das faltas duras da seleção argentina. Com bola rolando, foram poucas chances de gol e o Brasil perdendo ótimas oportunidades com Vinicius Jr.

 

Logo aos 16 minutos, Matheus Cunha pressionou a saída de bola da Argentina e ajudou Lucas Paquetá a dar linda assistência para Vinicius Jr. O atacante ficou cara a cara com o goleiro, mas falhou na finalização e mandou torto pela linha de fundo. O detalhe é que ele tentou dar uma cavadinha, mas pegou muito mal.

 

O confronto ficou bastante pegado no meio-campo e os argentinos não economizaram nas faltas. Aos 33 minutos, Otamendi dividiu bola com Raphinha perto da linha de fundo e soltou o braço no rosto do brasileiro. Raphinha ficou com a boca sangrando, mas o árbitro sequer foi ao VAR e muito menos aplicou cartão ao zagueiro hermano, num lance em que gerou revolta dos brasileiros dentro de campo.

 

Antes do intervalo, num dos raros momentos em que quis jogar bola, a Argentina colocou o goleiro Alisson para trabalhar. Aos 40, De Paul recebeu na área, girou sobre a marcação e chutou no canto, forçando ótima defesa.

 

MUITO EQUILÍBRIO E EMPATE JUSTO

No segundo tempo as seleções seguiram fazendo partida bastante pegada e com poucas oportunidades de gol. Aos 14 minutos, após sobra na área, Fred chutou forte e acertou o travessão, quando abrindo o placar para o Brasil. Não demorou e aos 26 foi a vez de Vinicius Jr receber dentro da área, passar pela marcação e finalizar em cima do goleiro argentino, que defendeu em dois tempos.

 

A Argentina manteve sua imposição física e tentou pressionar o Brasil pelo gol da vitória, mas não conseguiu passar pela marcação brasileira. Nem mesmo Messi, em noite apagada, foi capaz de fazer o time brasileiro perder a invencibilidade nas Eliminatórias. Aos 44, o craque recebeu na entrada da área e finalizou para boa defesa de Alisson, que segurou o empate sem gols em San Juan

FONTE/CRÉDITOS: Redação da Foot Brazilian World
Comentários: