Arábia 30-12-2020 

 

Marcelo Grohe segue colecionando reconhecimentos na Arábia. Nesta quarta-feira (30/12), o perfil oficial da Liga Profissional Saudita no Twitter anunciou que o goleiro do Al Ittihad foi eleito o melhor da posição no mês de dezembro na principal competição nacional. O ex-camisa 1 do Grêmio já havia recebido um prêmio na temporada passada por ter sido o mais efetivo nas últimas sete rodadas da Liga.


- É uma satisfação muito grande. Acho que coroa não só o meu desempenho, mas o do grupo todo. Quando o coletivo se ajusta, as individualidades aparecem mais. Fico feliz porque eu me cobro muito, procuro estar sempre na melhor forma. Desde que cheguei eu tento manter a rotina do Brasil, com acompanhamento físico especial, trabalhando nos turnos em que não há treino no clube. Agradeço também ao professor Oscar (preparador de goleiros), que tem muita contribuição para esse meu desempenho – explica o goleiro natural de Campo Bom, no Rio Grande do Sul.
 
     Leia Mais 
 
 
 
 
 
 

Das quatro partidas realizadas pela Liga Saudita no último mês de 2020, Marcelo Grohe foi fundamental para que o Ittihad não sofresse derrotas, com uma vitória e três empates, três gols sofridos e uma partida sem ser vazado. Segundo o site de estatísticas Sofascore.com, o brasileiro fez 15 defesas, sendo oito em finalizações de dentro da área.

- Eu brinco que estamos lá para isso, mas quanto menos o goleiro aparecer, mais tranquilo o torcedor fica (risos). É como fazer seguro do carro, ninguém quer usar (risos). Mas falando sério, estamos mostrando uma evolução grande como equipe há bastante tempo, faltando pouca coisa para que esses empates virem vitórias. Estamos nas quartas de final da Copa do Rei, na semifinal da Liga dos Campeões Árabes e vamos brigar até o fim pelas primeiras posições na Liga Saudita. Tem tudo para ser uma grande temporada – avalia o atleta de 33 anos.

Ainda em dezembro, Grohe disputou uma partida pela Copa do Rei e outra pela Liga dos Campeões Árabes, quando ganhou 9.8 do SofaScore, a melhor nota de todos os jogos das oitavas de final do torneio. A boa sequência relatada pelo brasileiro começou ainda na temporada passada, com apenas uma derrota desde o dia 14 de agosto. Dos 18 jogos, com sete vitórias e dez empates, Marcelo não sofreu gols em seis. A invencibilidade do time treinado por Fábio Carille já dura 11 partidas.

Ser expoente na posição não é uma surpresa para Marcelo Grohe. Quando defendia o Grêmio, ganhou o tradicional troféu Bola de Prata como melhor goleiro do Campeonato Brasileiro em 2014 e 2015. Já em 2017 entrou para a concorrida seleção do jornal El País como melhor da posição na Copa Libertadores. E, em 2018, foi eleito pela Conmebol o melhor em campo entre todos os jogadores que atuaram na Recopa Sul-Americana, defendendo o último pênalti nas cobranças que deram o título ao clube gaúcho.

- Trabalho e me dedico para ter bom desempenho e conseguir ajudar meu time. O resto é consequência. O futebol é muito competitivo e não permite acomodação. Se você quiser se manter bem, precisa se esforçar muito. Olho para trás e vejo que esse esforço valeu a pena e olho para frente com mais motivação para seguir assim – finaliza.