Foot Brazilian World Magazine

Sabado, 15 de Junho de 2024
Com as Brasileiras Formiga e Luana,PSG é campeão francês feminino após 14 anos de jejum

Futebol Feminino

Com as Brasileiras Formiga e Luana,PSG é campeão francês feminino após 14 anos de jejum

Com as Brasileiras Formiga e Luana,PSG é campeão francês feminino após 14 anos de jejum

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

  Paris 05-06-2021 

 

Depois de 14 anos seguidos de domínio do Lyon, o Campeonato Francês Feminino tem um novo campeão. O Paris Saint-Germain, das volantes brasileiras Formiga e Luana, venceu o Dijon nesta sexta-feira por 3 a 0, pela última rodada, e conquistou pela primeira vez a competição, com um ponto de vantagem sobre o até então imbatível rival: 62 a 61.

Publicidade

Leia Também:

Campeão francês em sequência desde 2007, o Lyon fez a sua parte, goleando o Fleury 91 por 8 a 0, com gols da inglesa Nikita Parris (dois), Amel Majri, Melvine Malard, Wendie Renard, Eugénie Le Sommer, Jodie Taylor e Kadiesha Buchanan. Mas dependia do tropeço do PSG na última rodada para manter a hegemonia.

No jogo que garantiu o título, a alemã Sara Dabritz abriu o placar para o PSG aos oito minutos, de pênalti, e a zagueira espanhola Irere Paredes fez o segundo, aos 16 do segundo tempo. Aos 45, a canadense Jordyn Huitema fechou o placar.

 
 

Outro destaque foi a goleira chilena Christiane Endler, com uma defesa impressionante no início do segundo tempo, quando o placar ainda estava 1 a 0 (veja abaixo). Endler está sendo especulada na imprensa francesa como possível reforço do Lyon na próxima temporada.

 

Formiga ficou no banco de reservas e entrou nos minutos finais, completando 100 partidas com a camisa do PSG, clube que defende desde 2017. A veterana volante, de 43 anos, está negociando com o São Paulo para retornar ao futebol brasileiro. Já Luana, titular durante boa parte da temporada, está se recuperando de uma ruptura de ligamento do joelho sofrida no início do ano.

 
 

Revanche em dose dupla na temporada

A temporada marcou uma passagem de bastão no futebol feminino francês que já vinha se anunciando nos últimos anos, com o PSG conseguindo se aproximar do Lyon mas falhando nos momentos decisivos. Como em 2019, quando os dois rivais decidiram nos pênaltis a primeira edição da Supercopa da França.

Ano passado, mais uma vez o PSG levou outra final para os pênaltis, na Copa da França, perdendo novamente. Em seguida, o Lyon eliminou o rival na semifinal da Liga dos Campeões em um jogo equilibrado, vencido por 1 a 0.

No Campeonato Francês 2019/20, o Lyon foi declarado campeão após o encerramento precoce da temporada, pela pandemia de Covid-19, três pontos à frente do PSG, mas sem disputar o clássico pelo returno, um dos seis jogos que não puderam ser realizados.

 

A revanche, este ano, veio em dose dupla. Primeiro, o PSG eliminou o Lyon nas quartas de final da Liga dos Campeões, impedindo o rival de buscar o sexto título consecutivo. O Lyon é o maior campeão europeu feminino, com sete conquistas no total.

No Campeonato Francês, a decisão de verdade aconteceu na rodada anterior, quando o PSG conseguiu segurar o 0 a 0 com o Lyon na casa do adversário, em jogo adiado da 16ª rodada, garantindo a vantagem liderança para a partida final.

FONTE/CRÉDITOS: Redação da Foot Brazilian World
Comentários: