Foot Brazilian World Magazine

Sabado, 15 de Junho de 2024
Jogadora da seleção feminina acordou dispensa do Barcelona e está a caminho de Londres.

Futebol Feminino

Jogadora da seleção feminina acordou dispensa do Barcelona e está a caminho de Londres.

Jogadora da seleção feminina acordou dispensa do Barcelona e está a caminho de Londres.

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

    Londres 06-09-2022 

A atacante brasileira Gio Queiroz, de 19 anos, acertou sua transferência para o Arsenal, da Inglaterra. Inicialmente, ela será emprestada ao Everton. Gio está a caminho de Londres e deve assinar com o novo clube nesta quarta-feira. A atleta pertencia ao Barcelona, desde 2020, clube do qual sai depois de ter denunciado a comissão técnica por assédio moral numa carta pública

Segundo a atacante, que tem nacionalidade brasileira e espanhola, depois de ter feito a opção de jogar pelo Brasil, a comissão do clube espanhol a puniu com a remoção para o segundo time do Barcelona, além de tê-la submetido a "confinamento ilegal" durante a Covid, com objetivo de impedi-la de se juntar à seleção brasileira numa data Fifa, entre outras situações. 

Publicidade

Leia Também:

   Leiam Mais 
 
 
 
 
 
 

Gio é uma das jogadoras em que a técnica Pia Sundhage aposta para os próximos anos. Desde que fez a opção de jogar pelo Brasil, ela tem sido frequentemente convocada pela treinadora e fez parte da equipe que conquistou em julho a Copa América. Gio chegou a atuar como titular em uma partida e entrou em outra.

A capitã da seleção feminina na Copa América, a zagueira Rafaelle, será uma das companheiras de Gio no Arsenal, ao fim do empréstimo ao Everton. Os detalhes do contrato só serão conhecidos nesta quarta, mas a duração do vínculo com a equipe inglesa será de três anos.

 

Desde que voltou do Levante, clube para o qual foi emprestada pelo Barcelona após ter sido transferida para o time B, a atleta vem recebendo propostas para deixar a equipe catalã, onde sabidamente ela não teria mais clima para atuar. Entre as propostas e sondagens recebidas, de acordo com apuração do blog, estavam clubes como os franceses PSG e Lyon e o inglês Chelsea.

Mês passado, ela chegou a ser convocada para a disputa do Mundial Sub20, na Costa Rica, mas pediu dispensa da relação por estar negociando sua saída do Barcelona. Na ocasião, ela chegou a ter uma reunião com a técnica da equipe principal, Pia, para explicar o pedido. A treinadora entendeu e a CBF a liberou, sem resistência. A negociação com o Barcelona, no entanto, não foram fáceis e a jogadora só conseguiu liberação na véspera do fim da janela de transferência, que encerra nesta quarta-feira.

Versão do Barcelona

À época da denúncia de Gio, o Barcelona negou que tenha confinado a atleta ilegalmente. Disse que o procedimento atendia a regras sanitárias locais e que a transferência da jogadora para a equipe B foi uma decisão natural.

FONTE/CRÉDITOS: Redação da Foot Brazilian World
Comentários: