Foot Brazilian World Magazine

Segunda-feira, 15 de Abril de 2024
''Mesmo sem jogar todas'' Brasileiro faz balanço positivo da temporada !

Inglês

''Mesmo sem jogar todas'' Brasileiro faz balanço positivo da temporada !

''Mesmo sem jogar todas'' Brasileiro faz balanço positivo da temporada !

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

   Manchester 03-06-2021 

 

A temporada que se encerra foi de percalços para Gabriel Jesus. Ainda em 2020, o jogador sofreu uma lesão muscular, contraiu Covid-19 e teve de lidar com dores de dente. Por conta dos problemas clínicos e também de opção do técnico Pep Guardiola, ele fez menos gols e jogos do que nos outros anos pelo Manchester City .

Publicidade

Leia Também:

Mas, apesar de tudo isso e da decepção pela derrota na final da Liga dos Campeões, no último sábado, Gabriel Jesus ainda faz um balanço positivo da temporada pelo clube inglês, que se encerra com mais dois títulos para a sua coleção:

– Foi uma temporada que não acabou da forma que queríamos, claro, mas que a gente pode dizer que foi muito boa. Chegamos à final da Liga dos Campeões pela primeira vez, o que mostra que estamos fortalecendo e acostumando com a competição, e conseguimos vencer novamente a Premier League e a Copa da Liga Inglesa, que também são competições que estão sempre nos nossos objetivos. Então o balanço é bom – disse o jogador, ao ge.

Nesta terça-feira, o atacante é esperado na Granja Comary, em Teresópolis, onde se juntará à seleção brasileira para enfrentar o Equador, sexta-feira, no Beira-Rio, e o Paraguai, no dia 8, em Assunção.

 

Gabriel Jesus tentará pôr fim ao seu maior jejum de gols vestindo a amarelinha. A última vez que ele marcou foi na final da Copa América de 2019, contra o Peru, em 7 de julho. Desde então, entrou em campo em seis compromissos pela Seleção e não balançou as redes nenhuma vez.

 

 

O atacante teve chance de acabar com a seca em amistoso contra a Argentina, em novembro de 2019, mas desperdiçou cobrança de pênalti. Além do clássico, ele passou em branco contra Senegal, Nigéria, Coreia do Sul, Venezuela e Uruguai.

Até então, o maior jejum do jogador pela Seleção tinha sido durante a Copa do Mundo da Rússia, quando não marcou nos cinco jogos que o Brasil disputou no torneio.

– Acho que foram poucos jogos desde o último gol também. Por conta muito do que o mundo viveu aí, infelizmente a Seleção não pôde estar junta tantas vezes, estar jogando… Naturalmente, quando você joga mais, aumenta a chance de marcar mais gols e vamos trabalhar por isso agora nas Eliminatórias e Copa América – ponderou.

Não poderia haver adversário melhor para Gabriel Jesus tentar desencantar na próxima partida. Foi diante do Equador que ele fez um dos jogos mais especiais de sua carreira, em 2016, quando marcou dois gols na estreia pela Seleção principal.

 

–Acho que mais do que o reencontro, a lembrança é, sim, muito especial. É uma memória muito boa pra mim, sempre vai estar comigo, na minha história, minha estreia pela Seleção, meus primeiros gols pelo Brasil. Então, claro que o reencontro com eles faz você lembrar desse jogo, então é marcante por isso. Mas jogar pela Seleção, contra qualquer adversário, é especial – afirmou.

 

Pelo City, Gabriel Jesus atuou em diversas funções e posições recentemente. Ele fez boa parte da temporada como referência no ataque, mas também atuou ao lado de Sergio Agüero, tendo mais mobilidade, e aberto pelos lados do ataque.

Na Seleção, o técnico Tite vem escalando-o na ponta direita, setor no qual enfrenta concorrência de Richarlison. Everton Cebolinha também treinou por ali nos últimos dias.

– No futebol de hoje você precisa estar sempre à disposição para atuar em mais de uma posição, né? Eu atuo como centroavante quando precisa, mas sempre deixei claro que me sinto melhor atuando na ponta, como um atacante que chega e finaliza também. Mas, como eu disse, estou sempre à disposição para ajudar – comenta Jesus.

Mesmo sem marcar há quase dois anos pela Seleção, Gabriel Jesus é o artilheiro da era Tite ao lado de Neymar, com 18 gols.

FONTE/CRÉDITOS: Redação Da Footbrazilianworld
Comentários: