Foot Brazilian World Magazine

Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
Na mira dos grandes europeus,jóia brasileira impõe condições para deixar o Santos !

Europa

Na mira dos grandes europeus,jóia brasileira impõe condições para deixar o Santos !

Na mira dos grandes europeus, brasileiro impõe condições para deixar o Santos !

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

   Santos 04-11-2023 

Marcos Leonardo é um dos alvos do mercado europeu na próxima janela de transferências. Aos 20 anos, a joia do Santos vem sendo sondada por alguns clubes e, antes de abrir qualquer negociação com os interessados, tem deixado claro seus objetivos: jogar a Olimpíada de Paris em 2024 e ser colocado em um projeto esportivo de longo prazo. 

Ao longo dos últimos meses, além da oferta da italiana Roma que quase o fez deixar o clube da Vila Belmiro em agosto, o jogador foi sondado por Real Madrid, Newcastle e Arsenal. Outros clubes da elite europeia também monitoram a situação do garoto santista e aguardam a abertura da janela para apresentarem uma proposta formal. 

Publicidade

Leia Também:

Disputar o torneio de futebol na Olimpíada é algo que o jogador não abre mão - desde que, evidentemente, seja convocado pelo técnico Ramon Menezes. 

 
 Um projeto de longo prazo também é posto como prioridade. Por estar em alta no aquecido mercado europeu, o menino da Vila se dá ao luxo de não se preocupar apenas com os valores envolvidos na transação, mas também com a condução de sua carreira no futuro. 

 Embora as conversas sigam a todo vapor, o atacante ainda não tem a convicção de que será negociado em janeiro do ano que vem.

Isso porque os contatos com os europeus - pelo menos neste momento - não passam de sondagens informais. Na mesa do Santos, detentor de 70% dos direitos do atacante, ainda não chegou nada. 

 

A rigidez da direção, inclusive, já foi motivo de faíscas entre o jogador e o atual presidente Andres Rueda.

Em agosto, quando a Roma apresentou uma proposta que poderia chegar a até 18 milhões de euros (R$ 96,6 milhões na cotação da época), o cartola bateu o pé e segurou o jogador no elenco (o atacante chegou a ficar fora de alguns jogos) em meio à luta do Santos pela permanência na Série A. 

 

No acordo pela permanência, Rueda se comprometeu a não dificultar um novo negócio, desde que a oferta mínima fosse de 18 milhões de euros. 

Uma nova reviravolta nos bastidores segue como uma preocupação. Afinal, o contrato do garoto com o Peixe é válido até o dia 31 de dezembro de 2026, e o futuro político do clube é uma incógnita.

FONTE/CRÉDITOS: Por: Redação da Foot Brazilian World
Comentários: