Foot Brazilian World Magazine

Sabado, 15 de Junho de 2024
Mesmo sem Neymar,Al-Hilal chega a recorde mundial de vitórias seguidas

Mundo Árabe

Mesmo sem Neymar,Al-Hilal chega a recorde mundial de vitórias seguidas

O detentor do recorde é o The New Saints, do País de Gales, que chegou à marca em 2016.

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

 Arábia Saudita 09-03-2024

O estrelado time do Al-Hilal teve a primeira conquista desde a forte migração de astros do futebol, incluindo Neymar, para a Arábia Saudita. Ainda não é um título, que está cada vez mais próximo na liga, mas o recorde mundial de vitórias seguidas. Ao bater o Al-Riyadh por 3 a 1 nesta sexta-feira, o clube chegou a 27 triunfos consecutivos. O detentor do recorde é o The New Saints, do País de Gales, que chegou à marca em 2016. As partidas amistosas do começo do ano não entram na conta do time saudita.

 

Publicidade

Leia Também:

A equipe comandada por Jorge Jesus não conta com Neymar, lesionado desde outubro e recuperando-se de uma cirurgia no joelho. A série de vitórias começou ainda em setembro. O brasileiro participou apenas de dois dos 27 jogos. Ele esteve em campo contra o Al-Shabab, na liga saudita, e diante do Nassaji Mazandaran, do Irã, pela Liga dos Campeões Asiática. Na partida da competição continental, Neymar marcou um dos gols na vitória por 3 a 0.

 

Desde então, o time foi montado com outras peças. No ataque, o principal destaque é Aleksandar Mitrovic, artilheiro do time no campeonato nacional e vice-artilheiro geral, atrás somente de Cristiano Ronaldo, do Al-Nassr. O brasileiro Malcom também tem se destacado, com presença em quase todos os jogos e 13 gols na temporada, sendo dez no campeonato nacional. A volta de Neymar, prevista para agosto, ainda depois da Copa América, será um problema para Jorge Jesus remodelar o time e criar espaço para o camisa 10.

 

Neymar foi contratado pelo Al-Hilal para ser a principal estrela do time. Foi a maior contratação de um clube não europeu na história do futebol. O PSG recebeu 90 milhões de euros (R$ 485 milhões) para liberar o brasileiro. Por enquanto, na Arábia Saudita, ele tem cinco jogos e apenas um gol.

 

SUSTO NO COMEÇO, MAS RECORDE ALCANÇADO

 

Depois de 26 vitórias, o Al-Hilal quase se complicou no jogo decisivo para alcançar o recorde. Mitrovic chegou a perder um pênalti quando o jogo ainda estava 0 a 0. O problema maior foi que o Al-Riyadh abriu o placar após o zagueiro Al-Bulayhi desviar contra a própria meta. Com poder de reação, o Al-Hilal mostrou porque vence há 27 partidas. O time pressionou no ataque e conseguiu um novo pênalti, convertido por Rúben Neves. O ritmo de jogo mostrava que seria questão de tempo para a equipe fazer mais gols.

 

A suspeita foi confirmada pelo ex-Flamengo Michael, que recebeu um cruzamento e cabeceou sozinho para confirmar a virada. Nos minutos finais, Malcom avançava com o campo aberto e foi derrubado. O árbitro brasileiro Wilton Pereira Sampaio assinalou o terceiro pênalti do jogo. Mitrovic, desta vez, não desperdiçou.

 

O Al-Hilal caminha a passos largos para ser campeão saudita pela 19ª vez. A equipe lidera o campeonato com 65 pontos, oito mais que o Al-Nassr, segundo colocado. O próximo jogo do time pode consagrar o novo recorde, com 28 vitórias seguidas. Será contra o Al-Ittihad, na terça-feira, dia 12, pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Ásia.

 

O adversário tem Benzema, Kanté e Fabinho no elenco, mas os torcedores estão insatisfeitos. Comandado por Marcelo Gallardo, o clube em nada lembra o do ano passado, que foi campeão saudita, e vem fazendo má campanha na liga nesta temporada. Além disso, há uma alegação de que Al-Nassr e Al-Hilal seriam beneficiados pela divisão do fundo de investimento público do governo saudita que administra os quatro principais clubes do país (os três citados e o Al-Ahli).

FONTE/CRÉDITOS: Por : Redação da Foot Brazilian World
Comentários: